Welcome to our site

welcome text --- Nam sed nisl justo. Duis ornare nulla at lectus varius sodales quis non eros. Proin sollicitudin tincidunt augue eu pharetra. Nulla nec magna mi, eget volutpat augue. Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Integer tincidunt iaculis risus, non placerat arcu molestie in.

Sentimentos que fluem

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009


Eu estava lendo Marley e eu de John Grogan na varanda de casa e de repente eu comecei a filosofar seriamente naquilo tudo que eu já tinha passado em toda minha vida. Os sentimentos que dominaram minha cabeça, as coisas das quais me apaixonei (sim, as coisas) e um único ser do qual me apaixonei, meu mais fiél amigo, o Cachorro. Como dizia Leoni, eu ainda encontro a fórmula do amor. Eu vejo o amor como um desencontro inevitável que faz nós sofrermos, mas ao mesmo tempo, claro se for retribuído, nos fazer a pessoa mais feliz do mundo. Mas, o único amor que eu lembrarei até o último dia da minha vida, é o amor de um animal. Isso pode parecer controvérsio, pois eu nunca me senti uma pessoa só, cheia de solidão para compartilhar. Não, muito pelo contrário, eu poucas vezes me senti dessa forma. Eu penso assim como você, eu acho. O amor de um cachorro por seu dono e virse-versa é gigantesco e muito maior que os demais amores que nós vemos por aí. Esse amor mencionado é verdadeiro e se baseia na mais sincera amizade entre "um pai" que cuida do seu "filho" e que o último o retribue em dobro, sem traições e desentendimentos. Olha, fica aqui a dica: nunca abandone seu cachorro, nem que seja brevemente, pois estará magoando o ser que mais tem amor por você e também que o sentimento mais sólido possível.


Outro sentimento que eu já senti muito foi o medo. Quem nunca teve medo, não? Medo de ter medo de: altura, escuro, solidão, de perder alguém importante... São muitos 'sub-sentimentos' que formam um único só. De modo geral, nós passamos de muito obstáculos até aqui, mas quase sempre havia um medo a ser enfrentado frente a frente. Já vencemos muito, mas perdemos também, infelizmente. O que importa verdadeiramente é o que fica com você, a lição de vida, a experiência da mesma que pode ser repassada e tals. Eu tenho muito medo também de pesadelos. Quando tenho um, eu fico pensando nele o dia inteiro. Enfim, são inúmeros medos que eu já vivi e tento à cada dia superá-los. E vamos sempre em direção à longa estrada da vida, onde você anda, anda, anda e nunca chega em lugar nenhum.

Para "tranquilizar" o ambiente animado que sempre gosto de colocar aqui, vamos colocar um vídeo da nossa amada Xuxa (Maria das Graças) fazendo as suas engraçadas propagandas da Monange. Toda vez que eu vejo a comunidade no orkut "Xuxa pensa que Monange é água" eu me mijo de rir. O vídeo que eu vou deixar para vocês verem é bem curto e muito engraçado. Rir é o melhor remédio!



Abs. do Toim :)

24 comentários:

Cyrlene Duarte disse...

Tudo que vivemos é um sentimento que flui dentro de nós,
é aquele momento único e indescritível
que poderia definir toda sua vida.

aam-00 disse...

escreves bem,
sentimentos sempre complexos,
indescritível, o amor, é único
não importa a forma.

o vídeo sensacional até twittei.
rindo pakas.

http://www.arthurmelo92.blogspot.com/

Guilherme Bayara disse...

O amor de um cachorro é o sentimento mais sincero que existe.

O vídeo foi pra rachar de rir

Cyrlene Duarte disse...

DUVIDO QUE A XUXA USA MONANGE,
OS PRODUTOS DA MONANGE TEM CHEIRO DE RÉMEDIO.

Xuxa é doida passar aquele troço doido no corpo
dizem que aquilo pinica,

Será a mesma coisa que perguntar que Giselle veste-se na C&A,
Que Malu Mader toma café Santa Clara, Que Claudia Abreu usa sabonete Lux,
Que Claudia Raia usa aquela tintura de cabelo, a sandy usa o óleo paixão,
a angelica tem uma linha de produtos infantis mas com certeza os dela só usa jhonson e jhonson ou outro importado,
A xuxa e a sandy com certeza usam no minimo lancomé e victoria secret.

Todas são contratadas para vender o produto e não para usá-los.

Pobre esponja disse...

Não fale mal da Xuxa, senão gravarei um vídeo babaca pra ser mais um babaca famoso na NET! Hehe. Quero ver esse filme do Dog, dizem que todo mundo sai chorando.

até
Pobre Esponja

Daniel Silva disse...

um dia vou acabar assistindo esse filme do marley porque a minha namorada adora cachorros.

a xuxa é doida! hahaha

abraço

Diego da Matta disse...

amei seu blog

*** I.C *** ** The One ** disse...

É... Tambem tenho um amor escrot pelo meu cachorro... Acho chato quando vejo um abandonado na rua... ou quando pegam eles e colocam em rinhas... É chato... E Medo... Todo mundo tem... Eu tenho medo de altura... Odeio lugares altos... Tem uns que tem medos que para muitos é tosco... Mas medo é medo e não se discute...

Nina disse...

ah, a gente apega mais aos animais do que as pessoas as vezes. eu tenho uma cachorrinha e amo ela :)

Guilherme Bayara disse...

Pena que os seres humanos em sua maioria não sejam capazes de ter o amor que um ser que muitos julgam irracional (o que é pura mentira) tem. A capacidade de amar se deve a pureza de alguém, o humano já se encontra em muito corrompido.

Straight Edge Hardcore disse...

A diferença do turbilhão de sentimentos entre as pessoas e o cachorro é que pro cão só existe amor.
Se vc deixar de brincar com ele hoje amanhã o amor e carinho por vc vai ser o mesmo, sem magoas.

gambiarritos disse...

medo, difculdades, problemas... o que seria da nossa vida sem essas coisas? Provavelmente seria muito chata.

Marcello disse...

Sentimentos fluem como o som na minha mente brother ;)

Robinho Bravo disse...

sentimentos são sempre complexos...

algo curioso, logo após um tempo brincando com um canino, não o vemos mais como "um cachorro" e sim como um ser, que só nos quer bem.

escreveu muito bem!


http://bemdesocupado.blogspot.com
"Pensamentos soltos, casos engraçados e pediatria em geral."

sidnei disse...

Muito bom o posts, ficou muito bom o blog tbm vc esta de parabéns!

http://seligainfo.blogspot.com/

wild freedom disse...

oi.. te vi na comunidade no orkut haha,to comentando !!
adios

Guilherme Bayara disse...

Para mim, minha cachorrinha é como uma filha. A amo mais que tudo neste mundo

Erikαlicious disse...

Oi.
Eu também adoro esse livro Marley e Eu. História muito 10.
Eu perdi a minha cadela :( um dia posto sobre isso no meu blog.
Nossa, como você, eu também fico preocupada com meus sonhos. As vezes fico a tarde toda pensando neles.
Eu já vi essa comunidade no orkut, eu adoroo Monange é um dos cremes que mais uso haha.
Esse comercial aí ainda não tinha visto não. kk

Ana Lucia Nicolau disse...

Oi, eu também gosto de filosofar...os lvros, filmes etc. que escolho para dedicar meu tempo são todos dedicados para esse fim....
abs

[ADM]MORAL disse...

eii galer ae bom filosofar diz vez eu quando pow!

Nova Quahog disse...

ESCREVE COMO UMBUCETEIRO!

the_champions disse...

massa o blog :D
da uma olhadinha no meu?
vira seguidor??
http://www.humoremtudo.blogspot.com/
vai la no chat pow
abraço

Pedro disse...

Heeey...
Marley e Eu é um otimo livro , eu adorei!!
Heehehhe
É claro os únicos seres que nos amam sem se importar são os cães , não importa se vc é feio , rico!!!
KKKK
XuuuuxAAAA=)

Dani Ogata disse...

Ah Marlos, porque você é assim?! Não cheguei a chorar, porém me emocionei muito! Você sabe escrever muito bem! Continue sempre assim. Dou muito valor a pessoas como você. Não irei te comparar a um amor de um cachorro, porém está quase lá. Por mais que você não saiba, o seu blog me ajuda muito. Porque será?! Porque você pega nos meus pontos baixos.. (Que triste isso, é difícil achar alguém que consiga isso!). Obrigada mesmo. Admiro muito você!!

Postar um comentário