Welcome to our site

welcome text --- Nam sed nisl justo. Duis ornare nulla at lectus varius sodales quis non eros. Proin sollicitudin tincidunt augue eu pharetra. Nulla nec magna mi, eget volutpat augue. Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Integer tincidunt iaculis risus, non placerat arcu molestie in.

Volta ao Mundo

quarta-feira, 25 de novembro de 2009


Viajar é um dos melhores meios de uma pessoa ter entretenimento. É um entretenimento (se é que eu posso chamar de tão pouco) maior ainda dar uma verdadeira volta ao mundo. É o meu sonho. Primeiro eu desejaria ver o Egito: aquelas pirâmides phodas, templos, mousoléus, conhecer de perto a história da primeira grande civilização do mundo. O único problema de um certo "preconceito" em ir ao Egito seria o clima. Pô, velho, de deserto eu já tô saindo, e logo mais ir para outro, aí não dá, né?! Depois eu iria para a China: andar quilômetros na muralha, ser reprimido :D, e iria conhecer aquele verdadeiro aglomerado de gente. Depois, quem sabe, iria para a Europa: Paris, Barcelona, Berlin, Londres, Lisboa, Roma, Vaticano, Moscou...

Ahhh. Realmente, isso é só para quem pode, e como! Inúmeros são os lugarem que eu iria visitar e tals (Dubai, Nova Délhi...). Falta dinheiro. Mas temos mente fértil, e isso é o que importa! Queria só uma bicicleta para explorar o local e "pular" de um país para outros de avião.

Minha prima mora na Europa. Eu acho isso legal, mas nem tanto. Uma coisa é você querer conhecer o mundo - como eu - outra é querer morar longe do seu Brasil. Eu não aguentaria viver longe daqui, do meu Pernambuco. Nunca.

O que eu não faço por essa volta ao mundo...? Aquela sensação de aventura, aproveitar o que O MUNDO tem a me oferecer. Muito massa. Acho esse mundo fascinante, cheio de cores, diferenças, igualdade também. O mundo em que quero conhecer tem uma visão sem economias, aquecimento global, problemas sociais no mundo inteiro, matança de gente... Terá, sem dúvidas, uma visão diferente da de todos: iria conhecer os sabores, cores, formas de um mundo que ninguém divulga. Imagino-me nunca cultura muito diferente da minha, por exemplo, a Mongólia. Sinceramente eu não iria procurar os defeiros do país e da cultura que ela tem, eu visaria os pontos fortes de um país que o mundo rejeita e tentaria me indentificar melhor como humano. Shakespeare me ensinou a isso também. :D

Poxa, eu poderia falar inúmeras coisas sobre um sonho talvez distante, chamado de Volta ao Mundo. Mas por enquanto será somente isso que iriei argumentar. Não quero alimentar um sentimento vago. -RSRS

Abs. do Toim!

3 comentários:

¬Garoto do Blog¬ disse...

Seguindo você
____________________________________

Olha, as vezes devemos alimentar sentimenos vagos, seilá, nesse mundo mau e bom sonhas!

tbm tenho vontade de dar uma volta ao mundo!

Bjs

Guilherme Bayara disse...

Ainda viajo esse mundão todo!

Pois o mundo todo já me passou pela cabeça

Cyrlene Duarte disse...

eU QUERIA sair de Mochila no ombro para ir para Zoropa,rsrs...adorooo amooo viajar

Postar um comentário